sábado, 30 de agosto de 2014

Educação ambiental.

Único poço tubular ativo no assentamento Marajó, em João Câmara-RN. ´Não é água; trata-se e um líquido salgado, fedorento, contaminado, que não recebe qualquer tratamento, usado no abastecimento urbano, e para o gado beber; as pessoas tem estampada no semblante o resultado de beberem esse LIXO, por tanto tempo, como se fosse água; o governo não tem solução para o caso, mas nós estivemos presentes, nesta data da fotografia, tentando conscientizar essas pessoas que é possível captar-se e armazenar-se água DOCE, limpa, com pH 6,4, diretamente das nuvens, em quantidade e qualidade para o abastecimento urbano e para produção de alimentos.