quarta-feira, 31 de outubro de 2012

morte e vida norte riograndenses;

A casa caiu? Município de Rui Barbosa - RN, junto a um dos afluentes(rio) do Potengi; atrás da casa duas carnaúbas, palmeiras que só nascem nas várzeas de rios, e em solo profundo, rico, que não tem salitre; Como acontece em todo semiárido nordestino de 890.000km² só há agricultura (de subsistência) durante o período das chuvas, que normalmente vai de meados de janeiro a a meados de junho, no tempo de La ñina, ou a partir de março a junho (normal) com 500L/m² de água das chuvas, e a cada 3 ANOS, com El ñino, que começa em abril ou maio, chegando a 60 ou 75 dias, quando as precipitações pluviométricas são inferiores a 20mm, espaçadas em até 20 dias uma da outra, chovendo de 250 a 300L/m² nesse período, insuficiente para manter a umidade do solo para o cultivo de milho, mas pode dar feijão macassar; Depois de 512 anos de seca já é hora dos nordestinos e demais "visitantes" de dsoriedem.blogspot.com   GRITAR para o governo brasileiro: Chega!  Queremos solução, e não problemas; Pra que alimentar tantos problemas no Nordeste se existem soluções inteligentes para se extirpar a seca cultural nordestina?