segunda-feira, 30 de junho de 2014

Educação ambiental.

Tempo 3/33; chama a atenção do grau de civilização que os urubus encontraram na vivencia com o Homem no lixão humano, a ponto de ficar indiferentes com nossa presença, e parece estáticos na pose para a fotografia; mas poderíamos dizer que o urubu está humanizado: Os únicos seres vivos do reino animal que o home " caça dor" não mata para comer são os urubus, e o próprio Homo; existem leis federais para não se matar os urubus, e também há para não se matar o "home";  ou  paga-se com prisão, ou com dinheiro para os advogados; mas tem outra curiosidade sobre os urubus: não comem a carne dos seus semelhantes, mesmo quando putrefata.