domingo, 29 de junho de 2014

Educação ambiental.

Nós que fazemos dsoriedem.blogspot.com  EDUCAÇÃO AMBIENTAL CIENTÍFICA  estamos muito preocupados com o fato de que há 50 anos (e dai para trás, até milhões de anos) a caatinga de 250.000 km² do sertão era semiárido natural, devido a ausência ou escassez de solo de sedimentação, um dos 4 Elementos da Natureza, mas está se transformando em deserto por conta da redução de outro elemento da Natureza - água doce das chuvas; mas a caatinga não tem o que se degradar (exceto nos riachos da caatinga): não há o que se desmatar (exceto extração do cacto xiquexique para o gado comer), não se pode fazer agricultura (convencional) na caatinga, enquanto que já não se cria gado na caatinga, e mesmo que houvesse gado, os cascos dos animais não contribuem para a degradação da caatinga, como acontece em outras áreas do NE; a caatinga está se transformando em deserto por conta das agressões ambientais em outras áreas (adjacentes) do sertão - cerrados, várzeas dos rios e dos riachos; consequentemente a diminuta fauna da caatinga, que durante a seca se refugiava nas outras áreas do sertão, desapareceu; Para felicidade geral da VIDA, as serras do sertão NE  tem abas muito acidentadas, recheadas de pedras emergentes, que assim não se permite a criação de gado, ou campos de lavoura, mantendo a vegetação nativa praticamente como há 50 anos; baseando-se em uma lei física imutável da Natureza, que anuncia: "Um corpo atrai outro corpo na razão direta das massas e na razão inversa da distância", as serras com altitudes com até 1.500m, com as abas da serra cobertas de matas, atraem as nuvens de chuvas, e assim beneficiando a caatinga NUA.  Cientificamente Ainda é possível tornar a caatinga ÚTIL, em duas linhas de ação: 1) projeto de captação e armazenamento de água das chuvas, no tempo das chuvas; 2) arborizando a caatinga com árvores frutíferas e de extrativos com o Projeto "Tanque Retentor de Água Subterrânea" para a agricultura, sem irrigação, em qualquer lugar do sertão.