terça-feira, 29 de abril de 2014

Educação ambiental.

É provável que visitadores desse BLOG imaginem que as dezenas de postagens com açudes vazios sejam duplicatas, reprises, ou que são desnecessárias, tendo em vista que a oferta de chuvas é a mesma no semiárido, e portanto seria as mesmas condições para o armazenamento de água no açude; é bom lembrar que a finalidade dos açudes no semiárido é captar e armazenar água das chuvas durante o período chuvoso, para se dispor dessa água durante o verão que pode durar 260 dias, sem chuvas; a capacidade de captação e armazenamento de água de um açude depende de dezenas de fatores físicos ambientais, muitos dos quais variam no tempo e no espaço, no mesmo semiárido; no pequeno açude, acima, se ver uma mancha em torno da poço da lema, que seria a altura da lâmina de água alcançada com a última chuva, o que significa dizer que essa água fugiu, em 3 vetores - evaporação, infiltração no chão, e sugada pela terra seca, nua, em torno da pequena represa; esses 3 vetores são comuns em todo o semiárido, todavia tem valores diferentes em cada açude; a impermeabilidade do terreno em no "caixão" do açude permite aproveitar maior volume de água da chuva precipitada, reduz-se  o valor do vetor "infiltração de água" embaixo da represa; de janeiro a março de 2.014, essa área do açude recebeu 150mm de chuvas de baixas precipitações, distanciadas entre si, e somente nas 2 chuvas de mais de 40mm foi possível escorrer água para o "caixão" do açude; Mas se fosse uma chuva de 100mm em 24 horas, todos os açudes encheriam e sangraria, OU se cada chuva precipitada no caixão do açude não tivesse FUGIDO, o açude estaria cheio; nós, dsoriedem.blogspot.com   analisamos cada açude de forma investigativa, com visão cientifica que nos permite tirar ensinamentos em cada abordagem, porque temos o compromisso de apontar soluções para o problema ambiental, a partir do que seria improvável para qualquer outra Fonte de informação.