terça-feira, 29 de abril de 2014

Educação ambiental.

Assentamento do Incra em São Rafael-RN; qual a intenção do governo em criar assentamentos em áreas rurais do NE onde não se produz agropecuária? Provavelmente baseando-se em desinformação, porque: compra as terras, faz as casas na agrovila, distribui o lotes de terras com cada família, distribui até 6 cabeças de gado bovino por família (e à medida que o gado morre, faz a reposição), dar implementos agrícolas a exemplo de capinadeira, carroça e cavalo de tração; paga para fazer-se o desmatamento do lote de terras; Parece um modelo de reforma agrária, que certamente funcionaria nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste onde tem um regime de chuvas de mais de 1.500mm/ano, com 5 meses de estação chuvosa; tem rios perenes para se fazer irrigação de lavoura; tem um lençol de água subterrânea doce; No semiárido  a oferta de chuvas baixou para média de 300mm/ano ( menor do que em Jerusalém - Palestina); os rios são secos (até 5 anos sem ter água corrente no leito); os açudes secam; a água subterrânea é, além de escassa, salgada; tem 250.000km² de semiárido natural - a caatinga. Mas é bom lembrar que na zona da mata NE, e no Nordeste Amazônico, onde os elementos climáticos são semelhantes aos da Região Sul, Sudeste, os assentamentos do Incra Também não funcionam;