domingo, 28 de abril de 2013

Educação ambiental.

Instalações da cooperativa agropecuária lagoa nova, junto à BR 304, km 238, município de Riachuelo-RN, onde aconteceu (e ainda acontece) um dos maiores desastres econômico, social, ecológico, ambiental; embora seja comum essa catástrofe ambiental nos assentamentos do INCRA no NE, aqui é mais amplo  e abrangente por conta do montante de dinheiro público envolvido na aquisição da propriedade, quando os técnicos avaliadores, devotos da propina e da falcatrua,supervalorizaram terras esgotadas, salinizadas, pequenos açudes que secam no verão, e  com água salgada, e compraram até sucatas de máquinas agrícolas, máquinas agrícolas e veículos usados, a preço de novos, Etc, Etc; Pela reforma agrária da época o assentado deveria  iniciar o pagamento do lote de terras (e da casa)no 3º ano de ocupação; decorridos 14 anos - 1.999 a 2.013 nenhuma família assentada conseguiu tirar seu sustento da terra, mas com raríssimas exceções os diversos dirigentes da cooperativa construíram seu patrimônio financeiro, castrando os recursos dos projetos dos assentados; quando escasseiam os projetos arquitetam outras formas para dilapidar o patrimônio público.