segunda-feira, 31 de março de 2014

Educação ambiental.

Este coqueiro com mais de 80 anos de idade está prestes a cair por que o solo onde estão suas raízes (enterradas) foi extraído pelo Homem, ou pelas intempéries, enquanto o caule está corroído junto à base, ação do fogo ao longo de muitos anos; o coqueiro escolheu esse lugar para nascer e viver de acordo com os 4 Elementos da Natureza e suas variáveis atmosféricas, mas principalmente pela disponibilidade de água doce, e pela espessura, fertilidade, consistência do soo orgânico mineral, no caso a várzea do rio Potengi; om a ocupação desordenada do Homem junto a esse rio, todas as atividades agropastoris concorreram para assorear o rio, e eliminar suas várzeas; nessa guerra insensata travada com esse recurso natural, construiu a casa, a  rua no espaço de escape das  água, no caso as várzeas; para encher o alicerce das casas, das ruas, o homem tirou o material, argila, que compõe a várzea do rio; o espaço da várzea foi ficando mais estreito, e mais baixo com o desgaste; O Homem ainda não se deu conta da bestialidade que praticou ao agredir incondicionalmente o rio e a vida  estabelecida; é claro que o mesmo Homem não vai ficar impune: embora o rio Potengi tenha sido transformado em rio seco, morte, pode ser que a Natureza dê o troco, mandando uma chuva de 100mm, em 12 horas, nas cabeceiras do rio; o Homem merece e fez por merecer; agora é só aguardar o desfecho final - sua morte.