segunda-feira, 31 de março de 2014

Educação ambiental.

A barragem que não "barra" e não armazena água; já tivemos oportunidade de mostrar em outras postagens, neste BLOG, todas as etapas da construção dessa obra da engenharia brasileira desenvolvida pelo governo federal no NE; cava-se uma vala de 1m de largura,  3 a 4 m de profundidade, no comprimento que abrange  a  largura do riacho e suas várzeas; forra-se as paredes da vala com lona plástica (do tipo mostrado na fotografia) e em seguida preenche-se a vala com o barro da escavação; em principio o barro retirado pela máquina, na escavação da vala, são torrões que ao serem empurrados no preenchimento da vala rasgam a lona plástica das paredes, inutilizando a obra, como forma de "barrar" água subterrânea.