segunda-feira, 31 de março de 2014

Educação ambiental.

Uma imagem que para o Homem parece progresso, desenvolvimento sustentável, é um pequeno, mas significativo processo de degeneração eco ambiental, e omo é produzido sob os auspícios da sociedade moderna, é degeneração intelectual; essa imagem é muito comum nas cidades do semiárido, e provavelmente em todo o mundo; o gari, funcionário pago com dinheiro publico, em seu gabinete de trabalho: sentado, com uma ferramenta, eliminando as plantas que nascem nas junções das pedras do calçamento; Não é por acaso que o Homo Sapiens elevou ao máximo o grau de destruição da vida na Planeta Terra, embora nesse meio existam as MULAS travestidas de cientistas que tentam eximir o Homem desse processo: Tudo nessa imagem é agressão ambiental, e o Homem ainda não se deu conta e que está cavando a sepultura; não o gari inculto, indefeso, que tenta ganhar o salário como sobrevivência, mas as pessoas que alisam um banco de faculdade, de onde saem mais burras do que quando entram, ostentam um canudo de papel assinado por similares,  e se posiciona na sociedade, em função de mando, para destruir o ambiente e eliminar a vida, no caso a elite governamental, política, administrativa, econômica.