quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Educação ambiental;

Estamos(a fotografia) na sede do assentamento rural do INCRA, na localidade Zabelê, Touros-RN, mais um desastre da reforma (forma à ré) agrária (agrárida) no Nordeste, que a atual Presidente da República chama de favela, favelados, e cientificamente chamamos de campo de concentração moderno, já que o assentado (com mais de 15 anos nesse assentamento) não consegue ficar de pé, viver dignamente da terra, apesar de ter recebido gratuitamente mais de 15 hectares de terras, casas, falsas, improdutivas assistências técnica e financeira; e fato não é uma favela já que as casas são boas, tem energia elétrica, chega água encanada(obra da prefeitura - Touros-RN) e projetos estranhos que não funcionam nas atuais condições climáticas; Para se ter uma visão real do desastre que é a reforma agrária BR, esta área é conhecida como "mato grande", tal era a densidade da massa orgânica - vegetação - em porte e variedade de plantas, a 2ª maior massa vegetal no RN, depois da zona da mata, e como se sabe, massa orgânica vegetal de um lugar observado retrata fielmente a disponibilidade natural de água doce; O Mato Grande, que poderia perfeitamente ser incluído como mata atlântica, recebia (até final do Século XIX) mais de 1.000 litros de água das chuvas por m², ao ano; Um terreno de cor roxa, por vezes avermelhada, e também arenoso branco, ligeiramente plano em grande extensões, capaz de gerar e manter  massa orgânica vegetal de 0,8m³/m², e consequentemente uma fauna com natas, veados,tatus, onças, lagartos, aves (entre as quais a zabelê que dar o nome ao lugar), seriemas; uma grande diversidade de pássaros; Sua proximidade do mar (Touros) permitia escoamento da produção; sua proximidade com João Câmara permite comercialização de legumes, cereais, carne, queijo, Etc. A região do Mato Grande que abrange Caiçara do Norte, Jandaíra, São Bento, Parazinho, Touros, tem cerca de 3.000km², e entre o mato grande e o Mar estão os principais brejos de baixadas servidos pela água permanente de dezenas de  lagoas (olhos d`água) costeiras que abastecem cidades, povoados e assentamentos da área; Nessa área, junto ao brejos de baixadas, os poços tubulares fornecem água com baixa salinidade, mas na área do mato grande, como é o caso de Zabelê, os poços tem água salgada, imprópria para o abastecimento urbano ou para se fazer irrigação de lavoura; Em 1.959 um grupo empresarial de São Paulo e Pernambuco (Portela, Jaboatão dos Guararapes) adquiriu várias propriedades de zabelê, formando uma grande área de cerca de 318km² para formar o mais extenso plantio de agave, sisal, do Brasil; O agave, planta originária dos desertos do  México, é altamente provida de fibra têxtil  usada na época para a confecção de cordas  e artesanatos, e a outra parte celulósica da folha e da haste (pendão) era usada para fabricação de papel. De 1.959 a 1.961 foram desmatados, em Zabelê, mais 200km², e toda massa orgânica vegetal dessa área foi transformada em cinzas, fumaça, fuligem, carvão; consequentemente a FAUNA desapareceu; em 1.963 surgiu a fibra sintética náilon, pvc e outras derivadas de petróleo, e por ser mais leves, mais resistentes à tensão, imune á umidade, substituiu a fibra do agave na confecção de cordas; Mas o pior dessa história é que os empresários investidores tinham indústrias de papel de celulose, e no afã de produzir o agave eliminou, com fogo, a massa orgânica vegetal nativa; com a falência da cultura do agave, a massa falida ficou por conta do débito com o governo, e toda estrutura - maquinário, prédios, foram  ruindo, destruídos pelo tempo, quando o governo repassou para outro grupo empresarial, financiando um novo empreendimento agrícola, que também faliu; até que finalmente transferiu a propriedade para a  "forma à ré agrárida" para mais de 300 famílias assentadas; Como se sabe, cientificamente, a eliminação incondicional da massa vegetal, de uma área tão grande ( mais de 300Km²) é a decretação da mudança, para pior, do clima; De fato, Zabelê foi transformada em semiárido, e apesar do terreno plano, ainda provido de nutrientes  minerais no solo argiloso, o assentado não consegue produzir nem seu alimento; São vários assentamentos e agrovilas: Quilombo dos Palmares, a sede da antiga indústria, Santo Antônio, Cajá, Aracati, Arizona.