domingo, 30 de junho de 2013

Educação ambiental.

Falando-se de xiquexique observa-se, nesta fotografia, que a planta gosta mesmo de pedras; na brecha do lajedo o vento depositou areia e folhas secas, formando um solo orgânico mineral; o xiquexique está em uma parte  íngreme do lajedo impermeável,  e com qualquer chuvinha chega água no seu tronco; é provável que o xiquexique não viva suficiente para se reproduzir, já que o solo formado na brecha do lajedo é insuficiente para manter um corpo maior; A vida é sempre útil; e deve-se viver com  toda intensidade.