sexta-feira, 28 de junho de 2013

Educação ambiental.

Nas 3 postagens anteriores mostramos as estradas carroçáveis no agreste RN; aqui uma estrada carroçável na caatinga do sertão RN; enquanto no agreste, nas postagens anteriores, vimos uma vala, ao invés de estrada, nas áreas planas arenosas, que junta água, poças, durante as chuvas; enquanto vimos no terreno argiloso inclinado do agreste, valas que durante as chuvas viram RIOS, provocando erosão, AQUI na caatinga do sertão as mesmas máquinas usadas na manutenção dessas estradas carroçáveis não conseguem nem arranhar o chão, e não tem chuva, por maior que seja, que consiga provocar erosão no terreno da caatinga, mesmo quando a inclinação é maior que 50%; enquanto no agreste RN há solos arenoso ou argiloso denso, aqui, na caatinga NÃO existe solo - o que se vê é o subsolo; enquanto no agreste RN há um subsolo argiloso denso, sem pedras, na caatinga esse terreno, subsolo, é fino, assentado em lajedos, rocha-matriz; enquanto no agreste as máquinas conseguem fazer uma vala, ao invés de leito de estrada, na caatinga as mesmas máquinas apenas raspam o terreno tirando as pedras miúdas, cortantes, soltas, do leito da estrada carroçável; No sertão as prefeituras, usando as mesmas máquinas do agreste, conseguem manter as estradas da caatinga em boa ordem, apenas passando a máquina uma vez por ano, enquanto que no agreste os gestores municipais passam as máquinas mais de uma vez por ano, mas quando chegam o período das chuvas perdem votos por causa da água e da lama nas estradas que dão acesso à área rural. No agreste as mesmas máquinas que cavam a vala-carroçável poderiam facilmente arrastar a terra da lateral para criar um leito de estrada mais alto do que as laterais, evitando o empoçamento de água, evitando o lamaçal, fazendo a água correr em valetas, na caatinga somente máquinas de grande potência poderiam arrancar o subsolo, piçarra, para criar um leito, o que certamente é desnecessário como estrada carroçável. O Nordeste é mesmo uma região heterogênea física e biologicamente, embora culturalmente seja homogênea.